Os fillers são nossos amigos!

Bem, estamos assistindo um anime, e ao terminar uma fase, começa uma nova, mas vemos que esta nova não tem “pé nem cabeça “ , e descobrimos  que  ela não foi publicada no manga, ou seja, existe apenas na versão animada. Com tudo isso, logo pensa “ah, maldito filler!”. Mas , se este “maldito filler” não existisse , seria pior, e vocês entenderão o porquê.

Logo que um mangá faz sucesso, uma série de anime correspondente é produzida. Vamos supor que o mangá está em seu capítulo 30 quando começam a produzir seu anime, e que cada episódio deste corresponde a cerca de 5 capítulos do mangá. Nesse ritmo, em sete semanas o anime já terá alcançado o mangá (considerando que, se levou seis semanas para alcançar o capítulo 30, e que dentro dessas seis semanas, mais 6 capítulos foram publicados  ). Ao ter alcançado o mangá, os produtores do anime precisam de tempo, pois é preciso que novos capítulos do mangá saiam, para que assim continuem a produção. Como tanto os episódios quanto os capítulos tem periodicidade semanal, isso demoraria muito, então, só resta uma saída: a produção de sagas alternativas e independentes, que chamamos de fillers, criados com o propósito de se ganhar tempo enquanto novos capítulos do mangá são publicados.

Outros motivos para se criarem  fillers é o desejo de continuação da franquia, independente do mangá ( muitas vezes por este último já ter sido concluído  ,como por  exemplo é Dragon Ball Gt : a série original é encerada na fase Z, mas os produtores do anime  quiseram continuá-la , criando então a fase GT, que não passa de um filler ) ou  mesmo por que a versão do manga para determinado fato da série não obteve aprovação do público( criando-se um filler que atenda o desejo dos  expectadores, conseguem mais sucesso), entre outros motivos além.

Com tudo isso, vê-se que os fillers são importantíssimos no desenvolvimento de um anime. Sem eles, muitos seriam pausados ou mesmo cancelados.

Anúncios

Publicado em 9 de agosto de 2010, em Matérias & Discussões. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: