Os mangás de Saint Seiya

Criados por Masami Kurumada,os  cavaleiros de Atena invadiram nosso mundo em 1986, através das páginas da revista Weekly Shonen Jump, da editora Shueisha. O sucesso foi tanto que logo veio anime, OVAs, filmes, séries de bonecos, cosplays, e tudo o mais.

No Brasil, não foi diferente. Em 1994 o anime estreou aqui pela extinta TV Manchete, e a febre Cavaleiros tomou conta do país. Em 2004, a febre voltou, junto com o anime, exibido pela rede Banderantes de televisão.

Como toda franquia que rende altos lucros, ela não pode acabar.Tem de ser reinventada, pois os fãs sempre querem mais, e com Saint Seiya não foi diferente. A franquia possui 4 séries de mangás,cada quais com suas próprias características, histórias, traços, etc.

A série clássica

Intitulada de Saint Seiya, começou a ser publicada no Japão em 1986. Possui 28 tankohons , e conta com uma versão de luxo lançada com apenas 15 volumes.

Os Cavaleiros de Atena são aqueles que tem de defender sua deusa e o mundo de todo o mal. Temos como protagonistas os jovens cavaleiros de Bronze Seiya, Shiryu, Hyoga, Shun e Ikki, e como Atena a jovem Saori Kido.

Chegou ao Brasil em meados de 2000 pela Conrad Editora, que o republicou mais  tarde, em 2004, com 48 volumes.

Novo traço, novo foco, nova história  – Saint Seiya Episode G 

A série começou foi lançada em 2003, através da revista Champion Red, da editora Akita Shoten, e já se encontra com 17 tankohons. Aqui, o traço foi assumido pelo mangaká Megumu Okada, ficando o autor original de Saint Seiya, Masami Kurumada, responsável pelo roteiro.

A história tem um protagonista diferente da série clássica: aqui o cavaleiro de ouro Aiolia de Leão é o herói, e a história tem como foco os cavaleiros de ouro e suas batalhas contra os deuses titãs que ameaçam o santuário de Atena.

Também chegou ao Brasil pelas mãos da Conrad Editora, porém entrou em hiato de mais de 3 anos. Mas, para a alegira de todos, recentemente a Conrad anunciou que retomaria o título no Brasil, como você pode ver aqui.

O traço clássico, porém 200 anos antes-  Saint Seiya: Next Dimension – Meiou Shinwa

Com o traço de Kurumada, o mangá de Next Dimension é uma história paralela da série clássica. Embora se baseie na  mesma trama de The Lost Canvas,contando a história sobre a Guerra Santa de 200 anos antes da série clássica , há diferenças entre os dois,tanto de personagens quanto de enredo.

Ainda não foi finalizado no Japão, conseqüentemente este título não chegou ao Brasil.

200 anos atrás, mas com traço novo – Saint Seiya : The Lost Canvas – Meiou Shinwa

Neste mangá, Kurumada também cuidou do roteiro, deixando os  desenhos nas mãos da mangaká  Shiori Teshirogi. Começou a ser publicado em 2006, e foi encerrado recentemente, com 25 takohons.

Assim como o mangá Next Dimension, The Lost Canvas conta a história dos cavaleiros de Atena da geração anterior à da fase clássica da série, há 200 anos atrás.Aqui temos como cavaleiro de pégaso um jovem chamado Tenma, cujo melhor amigo, Alone, acaba tornando-se o deus Hades, e a irmã de Alone, a jovem  Sasha, torna-se Atena .Agora Tenma e os demais cavaleiros terão de defender Atena do deus Hades, assim se iniciando a Guerra Santa.

Está sendo publicado no Brasil pela editora JBC.

Anúncios

Publicado em 8 de maio de 2011, em Matérias & Discussões e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Saint Seiya Episode G tem um traço meio Shoujo (Interessante), pretendo assistir o The lost Canvas, é muito bem feito, o traço é Foda!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: