“Monte Osore Re Voir “: poema de Shaman King interpretado por Megumi Hayashibara

Para os fãs de Shaman King que vem esperado por novidades sobre a série, acabaram de ganhar um grande presente:
“Monte Osore Re Voir”  é um poema escrito pela personagem Matamune, e entregue ao protagonista Yoh, onde o gato espírito fala sobre o futuro de Yoh, Anna e sobre a sua própria vida, incluindo suas dificuldades e frustrações. Ele pode ser encontrado na edição 40 brasileira de Shman King. A pedido de Hiroyuki Takei, autor da série, a dubladora Megumi Hayashibara, que interpretou Anna no anime, gravou o poema, em homenagem aos fãs da série. Abaixo, o vídeo divulgado, e baixo, a tradução do poema

Monte Osore Re Voir ( Adeus, Monte Osore)

Para o Yoh:

Essa pessoa que aguarda por ti certamente não te deixará solitário.

Ao menos, isso não.

Isso não.

Essa pessoa que irá encontrar certamente não te fará sentir solidão.

Ao menos, isso não.

Isso não. 

Para a Anna:

Mil origamis de grous negros dobrados.

Pacientemente, essa pessoa carregará teu triste e pesado mistério noturno.

Mesmo sem dobrar.

Sem dobrar.

Mil grous negros de origami.

Pacientemente, essa pessoa abraçará junto de ti a solidão diurna.

Mesmo sem dobrar.

Sem dobrar.

Para mim (Matamune):

Mil anos existi.

Deste pesar finalmente me livrarei.

Mesmo vazio.

Mesmo vazio.

 Meu espírito fragilizado.

Desta pesada carcaça finalmente me libertarei.

Mesmo vazio.

Mesmo vazio.

Mesmo não sendo merecedor…

É com prazer que vejo a possibilidade de desfalecer.

Frio, talvez me considerem.

Mas nada posso fazer.

Ao invés disso, eu aceitaria um sorriso.

Na rua, desamparado, entristecido.

No caminho, aborrecido, sem vontade.

Amor é encontro, separação, um pedaço de pano surrado.

Monte Osore re-voir.

Mesmo que te mostres firme, amoleces.

Aos sonhos ingênuos, te entregas.

Amor é encontro, separação, um pedaço de pano surrado.

Monte Osore re-voir.

Entre os vivos ainda ando e a tristeza se mantém.

Nos encontros de ano novo a alegria vai e vem.

Amor é encontro, separação, um pedaço de pano surrado.

Monte Osore re-voir.

Essas palavras mal escritas finalmente chegam ao fim.

O mundo que brilha lá no alto, onde será?

Será a terra onde mora o santo Jizô?

Amor é encontro, separação, um pedaço de pano surrado.

Monte Osore re-voir.

Monte Osore au revoir…


Anúncios

Publicado em 11 de novembro de 2011, em Animes, Música e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: